Total de visualizações de página

segunda-feira, 21 de março de 2011

13 anos, Bar Mitzvah! Chegou o grande dia do Estevão!

Embora seja membro de uma igreja cristã, mantenho os meus vínculos com minha raiz judaica. Isso debaixo de respeito e honra ao ministério o qual sou membro e sirvo com muito amor - CEI Cabo Frio. Isso é possível porque tenho um pastor que compreende minha posição, a respeita e me honra. 


O meu pastor, Pr. Fabrício Valadares, tem pleno conhecimento de que mantenho, observo e guardo os princípios da Torah, o pentateuco nas bíblias cristãs. Isso por que o que nos une é mais forte do que o que nos separa. Yeshua hamashiach, Jesus o Messias, o Cristo, O Ungido!  


Então, não poderia deixar de destacar aqui um momento ímpar na vida de qualquer judeu, seja messiânico, seja ela não messiânico, seja um descendente ou um nativo. O bar mitzvah. E se você não sabe o que é segue abaixo uma breve explicação.



"""B'nai Mitzvá (filhos do mandamento) é o nome dado à cerimônia que insere o jovem judeucomo um membro maduro na comunidade judaica.
Quando uma criança judia atinge a sua maturidade (aos 12 anos de idade, mais um dia para as meninas; e aos 13 anos e um dia para os rapazes), passa a tornar-se responsável pelos seus atos, de acordo com a lei judaica. Nessa altura, diz-se que o menino passa a ser Bar Mitzvá ( בר מצוה , "filho do mandamento"); e a menina passa a ser Bat Mitzvá(בת מצוה, "filha do mandamento").
Ao completar 13 anos, o jovem judeu é chamado pela primeira vez para a leitura da Torah(conhecido como Pentateuco pelos cristãos). Ao ser chamado pela primeira vez, o jovem pode, a partir daí, integrar o miniam (quórum mínimo de 10 homens adultos para realização de certas cerimônias judaicas).
Antes desta idade, são os pais os responsáveis pelos atos dos filhos. Depois desta idade, os rapazes e moças podem finalmente participar em todas as áreas da vida da comunidade e assumir a sua responsabilidade na lei ritual judaica, tradição e ética.
O Bar Mitzváh não é só uma comemoração comum de aniversario, mas normalmente o menino, passa por uma bonita cerimônia de "mazal-tov"que seria como um "boa sorte" ou "parabéns"(dependendo da situação), normalmente o Mazan-tov é feito com o(a) menino(a) sobre uma cadeira e ele(a) é levantado varias vezes, e assim fazem com toda a família do Barmitzvano.
Deste modo é realizado uma parte do Bar Mitzvah."""
fonte: wikipédia

E porque destacar este assunto? 

 Bom, o nosso amigo e professor de hebraico Charles Junior, judeu messiânico, tem um filho chamado Estevão, que foi meu aluno lá atrás desde a 1ª série, hoje 2º ano até a 5ª série, 6º ano. E que neste sábado dia 26 comemorará o seu bar mitzvah. 13 anos! Este momento tão lindo na vida de qualquer pai: Ver o seu filho ou filha se tornar independente espiritualmente de nós pais limitados e frágeis e se tornar COMPLETAMENTE dependente do Pai celestial. Ilimitado e poderoso!

Parabéns Estevão! MAZAL TOV! Continue fazendo a diferença, honrando esta fé que temos no Senhor Yeshua, nossa fé judaica! 

Shalom

Everson Tavares, shamash.

Nenhum comentário:

Postar um comentário