Total de visualizações de página

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Dengue Espiritual – Não desidrate!



Como alguns sabem estive muito adoentado nestas duas últimas semanas: Dengue. Não sabia o quanto esta enfermidade era tão destruidora. Fiquei muito mal. Febre, dores de cabeça constantes e dores nas articulações. Fui parar no UPA, entrei no soro, ou melhor, o soro entrou em mim. Fui hospitalizado e furado diversas vezes.

Como eu gostaria de uma medicação que logo fizesse efeito. Uma cura rápida! Mas não há. O que há são remédios para atenuar o efeito das dores. E claro! Devido à febre, vem a desidratação e com isso entra o soro. Muito soro, no meu caso.

Tomei cerca de 20 frascos de soro. Mais de 10 litros. Furaram-me diversas vezes quando estive no auge do dengue. 32 mil plaquetas, isso na segunda-feira dia 20 de junho. Quando me internaram com risco de dengue hemorrágica.

Sentia-me como Golias sendo derrubado pelo David - Dengue!

Que susto! Fiquei realmente com medo. Não conseguiam encontrar minhas veias. E por varias vezes quando encontravam estouravam.

Agora, sabe o que tudo isso me ensinou?

Que há muitas pessoas com sintomas de DENGUE ESPIRITUAL. A vida está dando os sintomas de desidratação espiritual. Está com febre e nem percebem as dores da ausência da água do Espírito.

Quantos não estão precisando de transfusões de soro com vitaminas em suas vidas ESPIRITUAIS? Pessoas que estão morrendo desidratadas por estarem vivendo numa atividade tão acelerada a qual não conseguem ver que estão a ponto de terem “hemorragias espirituais”. Não bebem da água da vida. Não se hidratam!

Realmente, o que eu vivi me mostrou o quanto preciso desacelerar e me hidratar diariamente. Hidratar da água do Messias Yeshua.

Caso contrário, seremos levados forçadamente ao UPA do Pai. Eu quero estar nos braços d’Ele de livre e espontânea vontade. Não forçadamente! Eu quero ser hidratado pelo Espírito Santo! Não por médicos. E por isso, estou me cuidando e me protegendo.

Obrigado a todos, todos mesmo, que me ajudaram neste período de dengue: Ao meu pastor Fabricio, por levantar toda a igreja em oração. A todos que estiveram me visitando e nos ajudando com frutas, financeiramente, orações e apoio. Obrigado aos meus irmãos do Ministério de Louvor, os quais intercederam por mim. Aos ministérios de minha amada CEI.

Obrigado a cada um de vocês: Macedo, Flávinha, Krifison e Cinthya, Ev Cris e Alê, Irmã Angélica, Alex Ventura e Bala, Tadeu, André e Vitinho.

Obrigado ao meu irmão em Yeshua, Charles e toda a sua família, junto do meu concunhado Marcondes pelo presente maravilhoso de um SHABAT. O Shabat mais especial o qual já vivenciei. 

A minha família, irmãs e irmãos. Ao Fábio, meu paizão, Minha mãezinha e a minha esposa. Elaine, VOCÊ FOI DEMAIS!!!!

Se eu não mencionei mais nomes. É porque é difícil escrever sobre todos aqui.

Shalom

Amo a todos!

Everson Tavares, diácono se recuperando

Nenhum comentário:

Postar um comentário