Total de visualizações de página

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Atletas de Cristo!


 http://www.federacaogauchashidokan.com.br/historia-karate-shidokan.html

Ontem, dia 15 de Janeiro, retornei aos treinos de Karatê Shidokan e como sempre, vejo Deus agindo em cada detalhe da minha vida. Ali treinando, suando, sentindo dores, mas perseverando pude terminar um treino de 1 hora de duração, das 22 horas até às 23 horas, agradecendo ao Senhor pela oportunidade de estar de pé e praticar algo do qual gosto muito.

Ao chegar em casa, veio a mim a seguinte passagem:

 Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. 

2 Timóteo 4:7

Isso mesmo, esta passagem veio a mim logo que cheguei em casa. E então, comecei a traçar um paralelo entre ser um atleta e ser um servo do Senhor Jesus.

Quando eu treino, eu passo por uma série de movimentos difíceis de produzir por um novato. Como graduado, faixa preta, sou mais exigido, o treino passa a ser mais puxado. Logo, preciso de uma boa alimentação que me garantirá energia suficiente para desenvolver meu treino. Preciso também de direcionamentos para melhorar meu desempenho como um graduado e por fim preciso ter uma mente focada e determinada a não desistir no meio o próximo ao fim da jornada de chutes e socos frente a frente ao meu companheiro de treino.

Ao levar isso para a vida cristã, vejo exatamente o mesmo sentido de existência da fé no nosso desenvolvimento como um servo de Cristo. 

Ao sermos chamados pelo Senhor, começamos nossa jornada rumo a maturidade cristã. Precisaremos de Palavra, de oração e de perseverança na caminhada

Assim como é impossível ter um bom treino com uma alimentação de baixo valor nutritivo, assim também é impossível viver uma vida saudável cristã com alimentos de pouca profundidade em Cristo. Pregações de auto ajuda, de triunfalismo não levam a pessoa a uma condição de enfrentar de forma madura os intempéries da vida. Pouco estudo da Palavra, quase zero de meditação nas Escrituras e nenhuma oração levam o indivíduo ao fracasso no combate, a vida.

E por falar em oração, como aprender a utilizar de técnicas e aprimorar o nosso desenvolvimento se não há oração em nossas vidas, e mais, a oração deve ser segundo as Escrituras, como disse Jesus:

Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito.
Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos.
Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor. 
João 15:7-9

Oração sem que a Palavra e o Amor do Senhor estejam em nós não é oração é qualquer outra coisa, menos oração.

Então, não há como sobreviver se enfrentarmos o combate se não estivermos bem suplementados e alimentados e orientados. E claro, existe o diferencial na vida do atleta em relação ao indivíduo comum: PERSEVERANÇA! 

Não fomos chamados por Deus para desistir, para pararmos, assim como no treino ou na luta, eu preciso dar o meu melhor, e mesmo quando já não aguento mais, e o meu corpo esteja suplicando uma pausa ou parada total, o meu cérebro está dizendo: KEEP GOING! CONTINUEM! VAMOS, VAMOS, VAMOS! Ou seja, há dentro de nós uma voz que insiste em nos empurrar para frente, nos impulsionando a continuar. Esta voz é o Espírito Santo nos dizendo para não parar, nos falando para prosseguir até o alvo: AGRADAR AO SENHOR!

Na nossa conversão, começamos com a faixa branca, o treino é mais leve, a exigência menor, mas ao caminharmos para a graduação, existem os exames de faixa, os desafios, as provações. Estas provações, se estivermos preparados, suportaremos e ultrapassaremos o desafio, vencendo e prosseguindo para o próximo desafio, próxima provação, até que cheguemos a faixa preta e sejamos aptos para ensinar tudo aquilo que aprendemos.

Por isso, ovelhas do rebanho do Senhor, irmãos e irmãs, não desistam!! Estudem e meditem a e na PALAVRA, orem e perseverem, pois só assim acabaremos a carreira e guardaremos a fé!


Sejam guerreiros, atletas do Pai!


Shalom


Pastor Everson Tavares, escravo de Cristo.

 




Um comentário:

  1. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho.Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
    Peregrino E Servo.

    ResponderExcluir